domingo, 8 de janeiro de 2012

Ler devia ser PROIBIDO


Um dia a humanidade será apenas um organismo que vive vegetando, uniforme na sua incapacidade de pensar, apenas destinada a obedecer.
Seres obedientes, amorfos, vegetais que se arrastarão na sombra dos Senhores que comandarão os exércitos de ignorantes, operários, os carregadores das pedras com que se faz a glória das classes dirigentes.
A humanidade inteira estará ao serviço dos maiores, da casta dos líderes, das mentes superiores. A humanidade inteira será feita de escravos como os que construíram as pirâmides do Egipto, a muralha da China ou o Taj Mahal.
Mas, para que tudo isso seja possível, é preciso que se proíba a leitura. Ler é perigoso. Salazar sabia isso; Hitler também; ou Estaline. E hoje, mais do que nunca, renascem os crentes nesta verdade: ler devia ser proibido!
Ler faz as pessoas criticar, sonhar e, pior que tudo: CRIAR!
Portugal, Janeiro de 2012.


Enviar um comentário