segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A melhor leitura de JULHO

Foi um excelente mês; não só pelas férias mas também pelas excelentes leituras que consegui fazer:
- Uma aventura maravilhosa com Graham Green
- Um romance histórico magnífico, o Afonso Henriques de Cristina Torrão.
- Uma aventura romântica, no bom estilo oitocentista: Jane Eyre.
- A "releitura" de um clássico muito meu: Trevisan.
- Mais uma estória maravilhosa desse grande senhor da poesia e da prosa que é Manuel Alegre.

No entanto, o melhor do mês foi esta pérola de Calvino; um livro cheio de reflexões nada maçadoras, de pensamentos profundos sem filosofias ocas. Um livro agradável e cheio de significado:
Enviar um comentário