segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Lendo Machado de Assis (Memórias Póstumas de Brás Cubas)

O ano de 2011 levou-me à descoberta de um escritor genial. 
Já tinha lido e ouvido muitos elogios a Machado de Assis. Em muitos blogues do país-irmão, Assis é considerado superior ao próprio Jorge Amado. Estava, pois, curioso e a verdade é que me sinto plenamente realizado com esta descoberta.
Para além da incrível facilidade de expressão, que torna a sua escrita quase cinematográfica, Assis tem um sentido de humor incrível. 
Mas a maior qualidade deste autor talvez seja a versatilidade. Comecei por ler D. Casmurro e deparei com uma análise social excelente. Em O Alienista descobri um profundo e sério estudo da loucura. E com este Brás Cubas encontramos uma razão para rir até mais não :)
Ainda a meio da leitura, posso já garantir que é um dos livros mais divertidos que li nos últimos tempos.

11 comentários:

tonsdeazul disse...

Assis é realmente genial!
Li os dois que mencionaste e também quero ler este que lês agora, Manuel. ;)

Isabel Maia disse...

"Memórias Póstumas de Brás Cubas" é o verdadeiro do mimo! Este nosso amigo defunto-autor é uma bela personagem. Ainda bem que se está a divertir com a leitura Manuel. Eu também me diverti bastante.

Boas leituras :)

www.amsk.org.br disse...

Machado de Assis é o filho muito amado dessa pátria nem sempre mãe gentil com seus filhos.

Dom Casmuro e Helena são maravilhosos.

desejamos-lhe uma agradável leitura.

Teté disse...

"Descobri" Dom Casmurro no ano passado e gostei! Ainda não voltei a ler nada do escritor, um clássico lusófono (isto escrito assim soa a empertigado, mas não é!), mas espero ler em breve mais obras dele!

Já agora, fico a aguardar a tua opinião! :)

Fefa Rodrigues disse...

Orgulho à parte... concordo com td que você disse sobre a obra de Machado... meu livro preferido dele é Dom Casmurro, mas Memórias Postumas é realmente divertidíssimo!!!

É verdade que por aqui ele está acima do Jorge Amado se fossemos fazer uma hirqrquia entre os escritores... na verdade, ele está no topo da lista!!!

Não sei se vc sabe, mas foi ele o fundador da Academia Brasileira de letras... por isso acho que ele deve ter "se revirado" no túmulo quando aceitaram o Paulo Coelho como imortal... péssimo!!

Conhece a obra de José de Alencar??

Abraços
Fefa Rodrigues

Manuel Cardoso disse...

Fefa, eu sei que Alencar é um nome grande mas ainda não li nada :( Tenho de tratar disso.

Fefa Rodrigues disse...

Pois eu gosto mais da obra de José de Alencar... ;o)

Acho que vc vai gostar tbm!!

Para mim, os escritores brasileiros preferidos são:

José de Alencar
Jorge Amado
Machado de Assis

Por isso fico triste que, apesar de tanta qualidade, quem faz sucesso mundo a fora é Paulo Coelho... péssimo!!!!! E nunca vou me cansar de repetir isso...

PÉSSIMO!!!!

Crishane disse...

Olá, O cineasta e ator Woody Allen, recebeu o livro de Machado, Memórias Póstumas de Brás Cubas pelo correio de um brasileiro, abriu e leu porque disse que era fino, porque se fosse grosso não leria. Se apaixonou pelo romance e o elegeu como um dos 5 melhores livros que já leu na vida. Genial Machado, que era filho de um negro brasileiro com uma Açoriana.

Leosantiago disse...

Manuel,
Recomendo-lhe também o Guimarães Rosa.
Por aqui, é por muitos considerado, junto a Machado, o topo da litaratura Brasieira. Seu estilo é bem diferente, porém lindo.
Recomento como introdução o livro de contos Sagarana e depois o clássico Grande Sertão: Veredas.

Leosantiago disse...

Manuel,
Recomendo-lhe também o Guimarães Rosa.
Por aqui, é por muitos considerado, junto a Machado, o topo da litaratura Brasieira. Seu estilo é bem diferente, porém lindo.
Recomento como introdução o livro de contos Sagarana e depois o clássico Grande Sertão: Veredas.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.