quarta-feira, 1 de junho de 2011

Lendo Agualusa - O Lugar do Morto

Habitualmente não leio a revista Ler. Embora admire o seu director; Francisco José Viegas, considero a revista demasiado dogmática e maniqueísta na maioria das opiniões. Por isso não conhecia as crónicas aí publicadas por Agualusa, crónicas essas que compõem este livro.
A ideia é genial: o autor dá voz de grandes escritores já desencarnados (como diria Mia Couto) para se pronunciarem sobre o mundo actual. Será curioso imaginar, por exemplo, o que diria Eça da crise que actualmente vivemos em Portugal.
No entanto, devo dizer por amor à verdade que está a acontecer o impensável: pela primeira vez, um livro de José Eduardo Agualusa não me está a encantar...
Mas ainda vou a meio, portanto... aguardemos.
Enviar um comentário