terça-feira, 14 de junho de 2011

Lendo Germano Almeida - Os Dois Irmãos

Os Dois Irmãos, escrito em 1995 é um romance muito peculiar, escrito num estilo muito próprio, deste escritor cabo-verdiano nascido em 1945 e cuja obra mais conhecida é, talvez, o Testamento do Senhor Napumoceno da Silva Araújo.
Uma escrita algo diferente, original e uma história cheia de mistério mas também de significado. Um homem volta de Portugal onde é emigrante. À sua espera está uma notícia terrível: o envolvimento de sua esposa com o seu irmão. O final da história é anunciado logo na primeira página: André matará seu irmão João e será condenado. Desta forma surpreendente, Germano Almeida prescinde, logo ali, do mistério. Mas fá-lo conscientemente; o escritor sabe que o valor deste livro está muito para lá do mistério; e outros mistérios se escondem por detrás da verdade aparente.
Um livro interessantíssimo.
Opinião completa amanhã.
Enviar um comentário