quarta-feira, 1 de junho de 2011

A Questão Finkler: a melhor leitura do mês

Foi um mês magnífico, não tanto em quantidade mas em qualidade!
Sete livros não é muito, mas foi gratificante regresssar a Lobo Antunes, descobrir um refrescante Fernando Évora, alimentar esta paixão pelos livros de Mário de Carvalho, revisitar o geniozinho de Ondjaki, descobrir o Brasil em Machado de Assis, encontrar um novo (para mim) génio russo que foi Tchékov e... acima de tudo...
descobrir um novo génio:

Enviar um comentário